Um dia após a Câmara abrir o processo de impeachment, Dilma Rousseff se disse “injustiçada”. Ela reafirmou que as manobras fiscais não são crimes de responsabilidade e foram praticadas por outros presidentes.

A petista voltou a acusar o vice Michel Temer de conspirar contra seu mandato a fim de herdar o cargo. “Em nenhuma democracia do mundo uma pessoa que fizesse isso seria respeitada. A sociedade humana não gosta de traidor”, disse Dilma.

A presidente afirmou ainda que a batalha do impeachment, que se transfere agora para o Senado, será “longa e demorada”. Aqui estão as estratégias do governo para tentar salvar o mandato de Dilma.

Jair Bolsonaro dedicou seu voto pelo impeachment ao coronel Brilhante Ustra. A homenagem de um deputado realizada dentro do Congresso a um militar acusado de tortura coloca em questão a “pacificação social” da Lei da Anistia.

Apesar do clima tenso e do temor de confronto no dia da votação da Câmara, as manifestações a favor e contra o impeachment transcorreram de forma relativamente tranquila. Aqui estão duas análises sobre as possibilidades de convivência pacífica nas ruas.

Este vídeo faz um resumo, em pouco mais de quatro minutos, do segundo mandato de Dilma Rousseff até este momento.