Temer esteve ontem no Congresso para entregar a proposta de nova meta fiscal, que prevê um déficit de R$ 170 bilhões no Orçamento deste ano. O presidente interino foi chamado de “golpista” por deputados do PT.

Presidente do Senado, Renan Calheiros promete votar a nova meta fiscal do governo interino ainda hoje.

Também hoje, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, deve anunciar medidas para lidar com a crise econômica. Segundo ele, será “um plano de voo para atingir a meta”.