O Supremo deve julgar em breve uma denúncia que acusa Renan Calheiros de ter despesas pessoais pagas por uma empreiteira. Quando o caso veio à tona, em 2007, o presidente do Senado, que à época ocupava o mesmo posto de comando no qual está hoje, renunciou.