Obama fará até o fim do mês uma visita histórica a Hiroshima. Para além dos traumas da bomba atômica, há outra questão ainda mal resolvida na relação dos EUA com o Japão: a presença militar americana na ilha de Okinawa.