Medo ou despreparação? Agente penitenciário dispara spray de pimenta em cidadãos grajauenses (VEJA VÍDEO)

0
1498

Medo ou despreparação? É a pergunta que não quer calar quando um agente penitenciário da Unidade Prisional de Ressocialização de Grajaú (UPRG) disparou um jato de spray de pimenta contra os familiares, parentes e amigos de Marcos Antônio dos Anjos Jorge (Marcos Fisio), assassinado brutalmente no domingo de Páscoa, dia 16 de abril deste ano.

Ao saírem das dependências do Fórum de Justiça de Grajaú conduzindo os acusados de matarem o fisioterapeuta que prestavam depoimentos na audiência de instrução do processo, os agentes se depararam com o protesto contra os acusados.

Nas redes sociais a população manifesta sua indignação pela ação do agente penitenciário registrada em vídeos feito pelos presentes.

Reprodução Redes Sociais.

“Pedimos as autoridades que tomem providência com esse rapaz que é funcionário do presídio de Grajaú, o mesmo jogou spray de pimenta diretamente no rosto das pessoas de bem, pedimos que mandem para todos os seus contatos. Isso não pode ficar impune. Pessoas foram parar no hospital por causa da sua falta de profissionalismo”, denunciou Eva Ferreira no Grupo Meu Voto Meu Futuro.

“Foi desnecessário, ele não sente a dor de quem perdeu alguém; estamos em Grajaú não em Brasília em uma manifestação”, comentou Enadja França.

Davi Barbosa disse que atitude assim provoca uma reação perigosa.

O Grajauense Ney Jairo foi uma das vítimas do descontrole do agente penitenciário. “Ele estava bem tranquilo jogando um jato fortíssimo na cara dos parentes e cidadãos; minha sorte foi o Gabriel vizinho do fórum que me socorreu; quase morri, pois tenho asma”, explicou. (Veja foto do pescoço de Ney).

Assista o vídeo acima e veja a fato abaixo.

Reprodução vídeo de celular.